quinta-feira, junho 05, 2014


Chapada dos Veadeiros/Alto paraíso

0
Em julho do ano passado eu programei uma viagem rápida para mim e meu marido. Quem mora aqui no Distrito Federal, curte dar umas fugidas para Caldas Novas-GO, mas como nós já conhecíamos, decidimos ir para a Chapada dos Veadeiros/Alto Paraíso.

Escolhi essa cidade depois de me encantar com as fotos da Camilla Albano, me deu uma vontade de me refugiar por lá pelo menos 3 dias e lá fomos nós como casal e não como pais. Daqui de Brasília até lá dura em média 3 horas, passamos por várias cidades pequenas como de interior, muita natureza e uma loooonga estrada.Confesso que quando chegamos por lá pensei ‘uai, é aqui mesmo?’, a cidade tinha ar de abandono, apesar de ser colorida, tinham muitas casas destruídas, um negócio meio estranho...

A cidade é muitíssimo pequena, não foi difícil encontrar a pousada que reservamos e fomos muito bem atendimentos pelo anfitrião. Deixamos nossas malas no quarto e fomos passear um pouco, olhar alguns estabelecimentos etc. Então, infelizmente nós fomos muito mal atendidos nos três primeiros estabelecimentos que estávamos conhecendo, inclusive uma dessas pessoas ficou resmungando coisas ofensivas para nós, ficamos muito chateados, porém, esperávamos mudar a opinião sobre o povo da cidade.

Aqui em Brasília existem muitos hippies que vendem seus artesanatos nas ruas e a maioria das pessoas não valorizam isso, passam voando por eles e sequer param para dar uma olhada na arte que eles desenvolvem. Pois bem, as pessoas mais educadas e lindas da cidade, foram aquelas que dormiam na praça e que sentavam em meio aos cachorros de rua. Como o meu marido disse: Nossa, que povo bonito!
Também comemos bem. Alto Paraíso tem bastante opção de comida e lá na pracinha tem um quiosque que vende caldos, bolo, tapioca etc... Nossa... Uma delícia!

Passamos por São Jorge que é um povoado próximo de Alto Paraíso e foi lá que realmente sentimos calor humano. Pessoas se disponibilizando a nos dar informação, qualquer um nos cumprimentava, oferecemos carona e nos sentimos finalmente acolhidos e respeitados.

Sobre a sensação de estar em plena natureza, isso é indiscutível e nunca me senti tão bem. Ver um tucano tranqüilo perto da nossa pousada, ver araras lindíssimas voando por cima de nós, olhar para o céu e ter a sensação de tocar nas estrelas... Isso literalmente não tem preço!


Ah, um conselho! Vão para Alto Paraíso de carro, pq dá pra aproveitar muito mais. Todas as cachoeiras que íamos pensávamos ‘ainda bem que estamos de carro’. Se eu indico o passeio? Muitíssimo, mas também indico ficar em São Jorge! Aqui tem algumas fotos, mas não são todas minhas, pois o meu pen-drive pegou um vírus e apagou tudo. A solução que achei como recordação foi buscando algumas fotos da Camilla Albano, só para vocês terem idéia do quanto é gostoso esse lugar.